18/05/2012

Gosto de eternidade...

Coisas impossíveis
As que têm seu gosto
Na inquietude dos gestos
Viajo entre esse amor
Descanso, enfim, em ti.
Tenho ainda
Todo céu
Todo caminho
Mais preciso
Apenas da tua eternidade.
(Rosi Alves)

Nenhum comentário: