18/04/2012

R.E.I.N.V.E.N.T.A.N.D.O





Estou me reinventando


Ou pelo menos tentando


Tenho vários mundos


Perdidos dentro de mim


Em uma órbita


De camadas tortas


Pés descalços


Coração alado


Embriagada


Em silêncios


Busco a essência de mim


Desilusões, decepções.


Reinvenções...


O caminho é seguir


Com um pouco de mim


De você em mim...


(Rosi Alves)

2 comentários:

Ingrid disse...

somos tantas em uma..
lindos versos Rosi.
saudades..
beijos..

Stela Emilia Gusmão disse...

Rosi, bela e verdadeira reflexão nesses versos,somos um espiral de contrastes de fato, muito bom estar aqui e te conhecer através desses sentimentos externados com tanta sensibilidade, abraço

Não força!

Tudo que é forçado é chato, é inconveniente. Ou ele (a) te ama ou não, a vida é assim apesar de a gente querer se apegar ao meio termo, no...