29/04/2012

Flores, saudades e amor...





Posso colher alguns ramos de flores para enfeitar tua casa e também tua alma...

Preciso apenas que me permitas ficar sem medo. Nem sempre é dor.

Existem na vida fases que necessitamos de desilusões...

Por que quando o amor chegar ele trara uma força, que nada, eu disse nada,ira fazer você chorar.

Venha vamos aquecer um ao outro por todo os nossos dias, nos amando se medidas, até que os traços

em nossa face demostre o quanto somos felizes. Venha permitas que eu fique, eu lhe trago alguns

ramos de flores.

Rosi Alves

2 comentários:

Ingrid disse...

que linda colheita..
amei!
beijos querida

Nyce Pinto. disse...

"Sempre fica um pouco de perfume, nas mãos que oferecem flores..."
Linda poesia...saio daqui sentindo o perfume da vibrações delicadas das flores...Tenha uma semana muito feliz!

Não força!

Tudo que é forçado é chato, é inconveniente. Ou ele (a) te ama ou não, a vida é assim apesar de a gente querer se apegar ao meio termo, no...