05/02/2012

Você me acalma

6 comentários:

Marly Bastos disse...

O amor faz a gente se sentir assim, livre, leve e solta. Ele acalma, dá paz e faz a gente se tornar mais branda, mais maleável, mais mulher...
Viva o amor em toda a sua plenitude!
Beijokas doces amada e uma semana de muitas bençãos pra você.

Luís Coelho disse...

Ah pois...poisé...

Assim com estes abraços e beijos quem é que não se acalma....?

Depois o amor faz milagres e tudo regressa ao normal.


Nota:
A história da Mariana é real e actual. Trabalhei com este casal cerca de trinta anos.
Aqui apenas lhes dei outros nomes.

Ela é uma super-mulher. Os filhos com as suas mulheres e as suas meninas, netinhas, gostam muita da Mariana. Nenhum deles quer ver o pai mal, mas ele é testa dura...

5 de Fevereiro de 2012 23:55

Célia disse...

Realmente o amor tudo renova e acalma vidas que a ele se entregam!
Abraço da Célia.

Dilmar Gomes disse...

Lindo poema romântico, amiga Rosi.
Um abração. Tenhas uma linda semana.

Sandra Botelho disse...

esse amor ardente e cheio de ternura, amor puro. Bjos achocolatados

O Cercadinho disse...

Interessantes teus posts, escrevo para divulgar o : www.o-cercadinho.blogspot.com Caso queira acompanhar e dar umas risadas,
será um prazer ter nos visitando lá. O que é o Cercadinho? Segue apresentação para te situares. Em cada relacionamento afetivo, os envolvidos ficam restritos a um espaço, O Cercadinho, onde acontecem as interações. Em algumas fases, está cheio de "queridas", mas em outros, quase vazio. O Cercadinho é o resultado das conquistas amorosas, onde cada um preenche à sua maneira e gosto. Pode ter o critério de cotas e uma de cada: loira, morena, mulata, ruiva e/ou japa. Com faixas etárias e tipos variados. Até monogâmico com apenas uma mulher selecionada. Somos dois homens escrevendo relatos e histórias, sem pretensão literária sobre O Cercadinho. Seco, objetivo e um pouco bagual com sentimentos, assim é Iberê. Apaixonante, cafajeste e trash total, esse o Marcão. Entre no nosso Cercadinho e boa leitura.
Iberê