15/02/2012

A metade Você levou.

Meu sonho é você
Apaixonado estou
Agora que a saudade
Refletiu o amor

Assim que deve ser
Por mais que o amor morreu
Fica um canto de dor.

Já passou, sobrevive.
Confesso mais rápido
Que imaginei...

Meu mundo tem paz
E um pouco de amor
Pois a metade Você levou.

(Rosi Alves- In canto de dor)

3 comentários:

Majoli disse...

Rosi querida, saudades.

Sabe que já levaram metade de mim?
Mas aos poucos fui resgatando, sei lá se pelo vento, pela força do pensamento.
Aprendi que só levará algo de mim, se deixar também um pouco comigo, tem que haver essa troca, senão é sofrimento.

Beijos com carinho.

Arnoldo Pimentel disse...

Quando um amor se vai sempre leva um pouco, mas sempre chegará um novo amor para preencher.Lindo poema, beijos

Nyce Pinto. disse...

Bom dia Rosi, lindo poema...temos que aprender a amar de tal forma, inteira e única, que ao partir o ser amado, fiquemos firmes e prontas para voltar a amar sermos felizes... Feliz fim de semana!

Não força!

Tudo que é forçado é chato, é inconveniente. Ou ele (a) te ama ou não, a vida é assim apesar de a gente querer se apegar ao meio termo, no...