Das juras...

janeiro 03, 2012





“Como é triste lembrar-me de suas juras de amor eterno, sendo

que eterno foi apenas o amor que deixaste em mim”.

(Rosi Alves)

You Might Also Like

0 comentários

Popular Posts

Like us on Facebook

Flickr Images