30/06/2011

Mar de saudade...

Minha alma e um barqueiro
Que segue seu curso ao vento
Dispersa pensamentos ao tempo

Navego em mares sem fim
Solitário a te esperar
Sentindo a brisa da saudade

Na imensidão do mar
Que banha meus olhos
Refletindo nosso amor.

Nesse infinito mar
Desconheço a razão
De viver sem você

Espero com o amanhecer
Trazer você no sopro do vento
Na brisa que finda a aurora
Alcançando a escuridão do amor
Que a tempos ficou a deriva 
(Rosi Alves)

28/06/2011

DESPEDIDA...

INFINITO...

No infinito há nuvens alvas
Os pássaros cantam o amor
O vento dança com a chuva

As cachoeiras são cristalinas
Onde a água e bem quentinha
Aquecendo o coração

Os jardins são bem coloridos
Com o tom do arco-íris
E com ruas do perdão

Milhares de anjos
Tecendo sonhos
Esperança
E semeando a união

Para que aqui na terra
A paz floresça
Aos homens de bom coração
(Rosi Alves) 

Deixe-me ir...
Deixe-me ir hoje é meu dia
Dia da despedida desse mundo bom
Dessa sensação de que nada é em vão

Deixe-me cantar o mundo
Desfalecer de amor enquanto vida tiver

Deixe-me ver o mar
As ondas que vagueiam no infinito
Ninguém sabe o dia da partida
Então quero apenas viver
Deixe-me amar, Amar sem medida


Preciso encontrar um caminho
Onde tudo pese milímetros.
Onde minha estúpida palavra
Não tenha o peso da tristeza e sim de liberdade

Deixe-me hoje beijar meu filho
Minha esposa
Meus pais e amigos
Dizer o quanto eu os amo e a importância que tem para mim
Sinto muito, hoje e o meu dia.
Tenho que partir!

Partirei para o desconhecido
Mais ainda viverei
Nas lembranças,
Na saudade das pessoas que amo

(Rosi Alves)

Dedico essas simples linhas a um amigo que partiu
 desse mundo acredito eu para um plano melhor que esse
Reginaldo

27/06/2011

AMIGOS SÃO ROSAS...

Ah, Rosas que encantam
Enaltecem o meu ser...

Ostenta rara beleza
Com sua alegria

Ventre que semeia
O pólen árido da amizade

Amizade é uma rosa
A desabrochar...

  Abundância de amor
Doçura ofertada...

Amigos graciosos são
Rosas majestosas

Ah, beleza que deténs
Os amigos e as rosas

Aveludada cálida sentimento
Abraço amigo...

Rosas e amigos...

Um lindo jardim de amor
(Rosi Alves)


26/06/2011

Molham-se os olhos ...

Molham-se os olhos
O mar molha a areia
E a saudade vagueia
Nesse mar vazio

Translúcido mistério
Que habitas
No infinito decifrava
Aquele mar de calma

Os mares a areia vagueiam
Prisma terras faz-se flor
Desabrochando pela pupila
Gotejante
(Rosi Alves)

24/06/2011

Minha paz...

Minha paz...

Minha paz e no seu corpo

Onde eu encontro repouso

E me afogo de amor



Minha paz...

Está no jeito que me tocas

E me deixas mortas

De tanto me amar



Minha paz...

E encontrar todos os dias

O alimento que preciso

Nos lábios teus



Minha paz...

E o suor que escorre

Exalando o cheiro

Do nosso amor

Molhando todo meu corpo



Minha paz...

E saber que me afogo de amor

E você se embebe-da de mim

Como um ciclo vicioso

Que não tem mais fim
(Rosi Alves)

23/06/2011

Saudade...


Um dia hás de romper o silêncio
Em constelação de palavras
E iluminar minha vida
Que só quer te ouvir
(Rosi Alves) 


22/06/2011

Espírito de luz...

Espírito de luz...
http://multiply.com/mu/eduardobarros/image/2/photos/upload/300x300/Qyam2QoKCj8AAATd7FQ1.jpg/tela7.jpg?et=knQM6BitPUm032KPIrDsig&nmid=2974178

Os dias passam feito uma oração em uma manha orvalhada, acordo com pressentimento que há alguém ao meu lado. Olho por toda a casa e não vejo ninguém, como explicar aquela sensação de presença, ainda com as penas trémulas e sem ar fechei os olhos enquanto meu corpo se arrepiava com a certeza que alguém estava ao meu lado.Por favor, mostre o que quer de mim ou me deixe em paz!
Sem entender o que acontecia chorava desesperadamente e o medo me dominava, queria conversar com alguém mais tinha medo, pois logo veio a lembrança de quando criança onde tive algumas experiências que nunca entendi. Anos atrás passei por uma experiência muito forte, um menino de nove anos desencarnou apertando minhas mãos quando deixei de sentir seu desespero ao qual fazia seu corpo todo ter convulsões... vi sua alma abandonando o corpo uma áurea linda uma luz muito forte, alva como a neve, posso afirmar que foi a coisa mais  linda que qualquer beleza humana existente apesar do susto de ficar emudecida praticamente em estado de choque. Foi como se aquele menino retomasse a paz depois de tanto sofrimento. Depois de mais uma semana continuei a sentir aquela presença por vezes ao meu lado, na madrugada desse mesmo dia eu acordei muito assustada porque parecia que alguém me pedia socorro, ao olhar para os lados meu marido e minha filha dormiam, continuei ali tentando entender, liguei para todos da família, perguntado se estavam bem e a resposta foi positiva. Foi um dia de muita agonia para a tarde eu saber que uma senhora que me amava muito que eu chamava de avo. Havia levado um tombo exatamente no horário que acordei sentindo o pedido de ajuda.

1212467243 f

Espírito de luz...
 
Claro como à neve

Lindo como orvalhar da manhã

Seu espírito passeia na terra

Jorrando a mais pura luz

Leve brisa de paz emana

Brotando feito palavras

Segue resvalando no infinito

Nem o vento passa onde tu estás

Como o florir da mais doce presença

Espírito de luz é o brilho das estrelas

(Rosi Alves)

20/06/2011

Olhar...


no SiLencio

O mundo é mais que um olhar...
deveria ser revolto de sentimentos não mecanizados.
Onde amor seja o centro de tudo.
Que os sonhos seja sempre o próximo passo.
Que a esperança  permaneça mesmo diante da pálida passagem.

O homem permanece inerte a sua vida demasiada de sofrimento espiritual.
Para o espírito sempre haverá jeito, para o material não
Existe cura. é uma busca inútil no fim tudo tudo acaba.
(Rosi Alves)

Se não era amor...



Se não era amor
Eram sonhos
Eles vivem a beira
Do abismo solitário 
Do meu eu

Lembro-me bem
Que dizias-me amar
Não mais que tudo
Mais o suficiente
Para eu acreditar

E eu acreditei
Como quem acredita
Nas coisas boas da vida
Sem me importar com mundo

Todos já sabiam que você mentia
E eu vivia de ilusões
Quem está de fora sabe mais

De fato te perdi
Mais valeu a pena viver
Não importa o mundo
Se tudo que eu precisava
Naquele momento era você 
(Rosi Alves) 

Um dia hás de romper o silêncio
Em constelação de palavras
E iluminar minha vida
Que só quer te ouvir
(Rosi Alves)

19/06/2011

Coração...

 
Doo um coração idealista
Cheio de sonhos e ilusões
Às vezes inconsequente

 Ele é meio suicida
Pois se arisca a uma paixão
A um novo e talvez velho amor

Coração que vive intensamente
Ele não veio apenas a passeio
Nesse vasto e imenso viver
 
Teria mil motivos para abandonar
esse coração
Pois ele erra e muita vez sangra
Mais não e hipócrita
                                                          
Ele não se esconde atrás de uma mentira
De uma julgada lucidez
É sincero
Diferente
Único
Esse coração é meu.
(Rosi Alves)


18/06/2011

RECOMECE ACREDITANDO EM VOCÊ...


A maior riqueza do homem e recomeçar
Recomeçar não e para poucos e para todos

Recomeçar e uma obra onde a gente
Pesquisa o que está errado para tomar novos passos

Recomeçar não é uma virtude é questão de tempo
renascer ressurgir quando todos não esperam

Recomeçar não é se acomodar com a situação
E recriar novas circunstâncias que te faça feliz

Recomeçar é ter Fé, sem fé você não vive
Mesmo que  nada exista se você acreditar
Eis a mudança completa de uma trajetória

As pessoas que têm o dom de recomeçar
São aquelas que levam um largo sorriso no rosto
Como quem diz assim eu celebro a vida

Recomeçar principalmente quando você vive
Sem querer descobrir os motivos de está vivo

Recomeçar é possível, acredite em você
Não espere que acreditem 
Se você acreditar é o suficiente para vencer!

 Rosi Alves
Tudo vale a pena...
Vale a pena viver

Sorrir

Cantar

Amar

Contemple como se hoje

Fosse o ultimo

assim todos os
dias 
vão ser  mágicos!
Só uma palavra me faz viver
LIBERDADE...

LIBERTE-SE DE VOCÊ
DE TODOS OS CONCEITOS
RELIGIOSOS
VIVA VOCÊ
AME-SE
E AME
ESSA E
A ÚNICA REGRA!

 

14/06/2011

Tempo...


                                                                      É preciso tempo
Sensações sob o céu
Cósmica ternura
Repousa na janela

A sombra da memória
Desaba chuva de emoções
Ventos trazem vozes
Manto de acalento

Geleira solidão
Dantes fostes
Senhor algoz
Chamado tempo

Silêncio esvaecido
No grito interrompido...
É preciso ter alma
E com calma
Dar tempo ao tempo
(Rosi Alves)

Quando não vens ...


Quando não vens

Quando não vens
A estrada da vida
Põe se a morrer

A paisagem de tristeza
Trouxe a verdade escondida
Sementeira saudade

Onde naufragada esperança
Baila na colina vento que sopra
Enquanto lentamente
Morre-se por dentro 
(Rosi Alves)

12/06/2011

Sem você meus dias são todos iguais...


 Os dias são todos iguais
Se você comigo não está
Amo-te assim te querendo
Mais e mais.

Despida de solidão adormeço,
Sonhando que estou em seus braços
Amanheço no manto de sonhos

Os sonhos moldarão seu corpo
Onde sacio minha saudade
Saboreando seus lábios
Não quero acordar até
Que esse sonho se torne real.
(Rosi Alves)

Feliz dia dos namorados!

De tudo ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.

Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento

E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama

Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.

(Vinícius de Moraes)






Feliz dia dos namorados!

11/06/2011

Flor...



Nada te faz parar linda flor
Nem os abismos profundos
Vais rasgando os dias
Exalando seu perfume
Nem a eternidade de uma dor
Te faz perder a beleza
Nem a delicadeza
De ser flor
(Rosi Alves)

longínquo silencio ...


Teu longínquo silêncio
Resposta de que tudo
Chegou ao fim

Entre rios que correm
Das pupilas oscilantes
Vaga esperança

Dentre tudo a vida
Emergindo a alma
A sombra da lua
(Rosi Alves)

Rain loneliness...


Solidão liberdade que aprisiona
Sonata amargurada da alma
Deserta e vasta como chuva
Que cai vazia no mar.
(Rosi Alves)

10/06/2011

Breu...


Mesmo sendo forte

Viver sem você e sorte

Solidão constante

O mesmo que morte

Uma viagem carpindo

Eterna hora que desola

Estrelas não brilham mais

O mundo o mais puro breu

Há muito me esquecera

Na imensidão do caminho

Enlevo entre esperanças

Onde faço refulgir

Precipícios (eu e você)

Estrada de pedra

Desilusão

Entrega

Espera

Breu...

(Rosi Alves)


Queria saber voar...

Queria saber voar
Para milagres alcançar
espalhando  amor
A onde quer que eu vá

O mundo é um moinho
Encontros e desencontros,
Vidas vazias e cheias,
Cheias de nada,
E vazias de tudo.

O egoísmo e desamor
E o maior imperador
Ninguém liga...
Pode o melhor poeta
Tecer, que nenhuma
Importância vai ter.

Tudo tem seu peso
Se acontecer com você.
Vamos bendizer
Enquanto a tempo
O amor

Que ele não seja apenas
Uma palavra fria e vaga
Que tenha seu verdadeiro valor


Queria saber redesenhar
Um coração de uma criança
Que perdeu seus sonhos
Por pais que não souberam amar

Algumas pessoas têm o poder
De recuperar-se e outras de amargar
Esse dissabor por toda sua vida

O que mais mata não e a fome
E a falta de humildade
Os que estão no poder
Só pensam em crescer
E o resto da sociedade
E que se lasque

Pensando positivo
Tudo pode acontecer
Quem sabe o amor
Faça florescer


Respeito
Dignidade
Caráter
Só o amor constrói 
Munido de humildade.
(Rosi Alves)

Imergi do mar ...

                                                                                 
Imergi do mar
Em um voo pleno
Rediviva flor mulher
(Rosi Alves)

09/06/2011

Molham-se os olhos ...

 Girl by the window
Artist: Mariusz Lewandowski
 
Molham-se os olhos

O mar molha a areia

E a saudade vagueia

Nesse azul sem fim...


Translúcido mistério

Que habita no infinito

Decifrava

Aquele mar de calma


Os mares vagueiam

Prisma terra


Fez-se flor

Desabrochando pela pupila

Gotejante


(Rosi Alves)

Ver-nos-emos um dia ...

Ver-nos-emos sempre...
Na manhã que nasce
No findar da tarde
No renascer das flores
No cantar dos pássaros
Na solidão do silêncio
Na oscilação do vento
Na nostalgia de um verso
Mesmo frágil corpo cansado
Nesse tênue espaço terra
O meu amor procede eterno!
(Rosi Alves)

06/06/2011

Os sonhos...

Os sonhos acalentam os altos montes.
Clarins anjos, arcanjos e querubins,
Quimera entoar a melodia visceral.
 Perpetuando a distância do amor.

O sonho eleva ás mares distantes
Navegação profunda equilíbrio
Não sabes mais a diferença.
De sonhar e realidade

Realidade será sonho distante.
São margens elevadas
De tamanha ilusão,
será sonho,
sempre será paixão.
(Rosi Alves)

Vive em mim...


     Vive em mim sua doce presença.

Lapidada pela saudade

Vive em mim o seu cheiro.

Seu gosto, seu suor.

Vive em mim sua pele.

Parece nunca partir.

Vive em mim a solidão

Vive em mim... Você!

E eu não vivo em ti.

(Rosi Alves)

Saudade...

Saudade...

M
inha saudade é brisa
Que toca as folhas caídas
Na manhã de outono

Meu olhar disperso ao vento
Reencontra borboletas a rodopiar

Lanço redes na superfície dos sonhos
Para se te alcanço
Pro o nosso amor regressar.
(Rosi Alves)

05/06/2011

Findar do amor...

No findar do amor
Só restou primavera
Trouxe aroma de flores
Multicoloridos jardins
Assim como as estações
Em um ciclo de repetições.
Mais você não volta
...És folha morta.
Em todas as estações
(Rosi Alves)

Laços de amizade...

Laços de amizade (Mas há amigo Mais chegado

que

um  irmão )


A amizade é um amor
Que não se mede
Brilha o tempo todo
Como as estrelas
Enfeitando o céu
Supera barreiras
Amigo é generoso
É bondoso
É fraterno
Um elo de amor
Amigo...
Presente de deus
Assim menciona
A bíblia em provérbios
Mas há amigo
Mais chegado
 que um irmão
(Rosi Alves)

Amor além da vida...


O tempo corre como água enfurecida
E o jardim da vida passa rapidamente
Deixando a lembrança do aroma de ser jovem.

E das tardes vagas lembranças vividas
Do cheiro do café da avó o grito da mãe,
O carinho do irmão o abraço de um primo.

Lembranças contidas do amor que te acena
Quando saia pro  trabalho e seus lábios doce,
Saúdam os meus, com um longo beijo ao regressar.

Almas gêmeas duas vidas se completam
Na caminhada solene da vida, seu amor
E ouro em uma casa de prata de saudades.

E natural que se vá nas asas do tempo
Deus te guiara em um manto de amor
Para que seja leve a sua chegada.

Prepara-te minha alma te busca
Mesmo que obscura seja a passagem
Meus passos em solenes sombras
Guiará meu coração até você
Seja no tempo que for nosso amor vivera.
(Rosi Alves)

Embriagada de amor ...

Embriagada de amor
Como se tomasse,
A ultima  taça

Finos e raros
Como vinho caro.
São os amores
Que se eterniza
Para toda vida

Por vezes vazios
Em total solidão
(Rosi Alves)

04/06/2011

Borboletas cantam paz...

As borboletas voam livres,

Em volta dos girassóis

  Entoando

Uma melodia de amor e paz!

(Rose Alves)

Orvalhos de amor...

No silêncio do amanhecer
Deus pincela um dia de paz.
assim como uma linda flor
Deposita orvalhos amor.
(Rosi Alves)

Perfume de deus...

As rosas exalam um perfume suave
Inebriante de paz com afagos de deus.
(Rosi Alves)

As begônias...

As begônias sorriem,

A inocência das crianças,

São as que semeiam

Inesquecíveis Lembranças

(Rosi Alves)
Floresceu o nosso amor,
Em um hemisfério perfumado,
E foi crescendo como águas amenas.
Amor deslumbrante, gérberas, rosa branca.
Amarelo sol de primavera,
Iluminando o nosso amor,
Pela divina flor das onze horas.
(Rosi Alves)

Gotas de jasmim...


Cintilo gotas de jasmim
Para perfumar seu coração 
Se acaso esquecer-me
Sinta o cheiro
da minha saudade 
na solidão da noite. 
(Rose Alves)

As rosas...

As rosas não falam,
Elas tocam a alma,
De quem sabe observar
Com o coração
 A simplicidade que é viver.

Sonhos ...

Enquanto existir sonhos
Meu amor se manterá vivo
Enquanto existir uma flor
Meu amor se vestira de poesia
Mesmo que desvalido seja meus versos
te esperarei  com um sorriso.


Rosi Alves

Não sobreviverão meus dias...


Não sobreviverão meus dias
Sem as rosas
Humildes são seu despertar

Suas pétalas suaves
Dançando ao vento
Despetalar  saudade


Não sobreviverão
Meus dias sem rosas
Pois elas compõem
O jardim da minha alma

Rosi Alves

Quando estiver triste Olhe as flores

Flores

Quando estiver triste Olhe as flores
Elas exalam o perfume de deus
Perfume de amor e paz e a certeza
Que ao nascer de um novo dia
Renova-se as esperanças
(Rosi Alves)










amigos que me guia...

Levanto as mãos para o céu”.

Fazendo um pedido

Senhor abençoa

Todos meus amigos

Amizade é um dom sublime

Da mais pura magia

Tenho duvida Se são anjos

Ou amigos que me guia

(Rosi Alves)

Te encontrar...




Amigo felicidade te encontrar
Todos os dias através dessa tela
És minha presença constante
Vale mais do que diamante

Não imagino a vida sem ti
Amigo nunca se afaste de mim
Mesmo que eu silencie
Esteja certo que estarei aqui

Para lhe ofertar
O meu abraço
O meu carinho
E com um sorriso nos lábios
Dizer amigo EU TE AMO!
_Rosi Alves_

Amigos nos orientam
Através de palavras
De pequenos gestos

Amigo nos faz sorrir
Mesmo que as lágrimas
Insistam em cair

Amigo é um anjo
Que deus enviou
Para lhe fazer sorrir

Amigo é tudo
De melhor
Que possa
Existir

(Rosi Alves)

amigos

"Pensando na vida
Cheguei a conclusão
Que de nada vale a caminhada
Sem amigos.
Amigos são verdadeiros anjos
Quando menos se espera
Nos evolve de amor e carinho
Fazendo de uma noite fria
o calor de um deserto..."

Entre o céu e o mar

Entre o céu e o mar

Não existem firmamento

Existe um manto de rosas

Despetalando tua chegada

Entre esse céu tão azul

Existe rubis brilhando

O lago ancestral da eternidade

Entre esse mar existe

O rebento enfurecido

De tanto esperar o encontro do sol 
(Rosi Alves)

Ah! Como Eu Amei


Mesmo que eu perca a memória,
Você é a minha historia  vai sobreviver eternamente. 
(Rosi Alves)
Deus criou  à porção do amor e nós somos a essência.
(Rosi Alves)

03/06/2011

Olhar de menina...


Ela trazia nos olhos,
Todos os sonhos do mundo.
E um mundo de sonhos,
Formou-se em uma
Atmosfera de alegria,
Sintonia, sentimentos
Momentos, amores,
Tudo se concretizou.
E aquele olhar
De menina se perdeu,
Em um olhar de mulher.
(Rosi Alves)

Seu beijo silenciou meus lábios...


Seu beijo silenciou meus lábios
E me fez sentir os desejos mais
Profanos.
(Rosi Alves)

Alcei vôo com minha alma para te beijar em silêncio...


Alcei vôo com minha alma para te beijar em silêncio...

Alcei vôo com minha alma para te beijar em silêncio.
(Rosi Alves)

Desejo...

 Desejo...

Desejo-te tão secretamente
Que meu coração grita em silêncio.

(Rosi Alves)

"Resolvi encurtar o caminho da minha vida,
 Esquecendo as derrotas e vivendo as alegrias"
(Rosi Alves)

02/06/2011

Tocar a alma...


Tentando esquecer-te
Eu só fiquei na tentativa
Como esquecer alguém
Que te toca a alma?

A resposta e impossível
Assim descobri o sentido
Da palavra eterno.

Eterno e ser tocado pela alma,
Tocar o corpo e só um complemento.

Tocar a alma e o mesmo que,
Conhecer os mistérios do céu.

Alma se toca de uma forma imortal
Dedilhando, entoando uma vibração.

Vibração natureza ecoando o amor
De uma forma musical.

A música não se vê só se sente,

    Ninguém entende os porquês 
Muito menos a  perda de um GRANDE AMOR.
(Rosi Alves)