Saudade..

08/12/2011

Saudade, gritante em meu corpo
As estrelas acicatam meu pranto
Lembranças dum sonho, perdido
Ânsia espera o retorno.
Dum caminhar silencioso, sofrido.
Noite em claro, desejos vãos
Precipícios em que me escoro
Delírio cortante desejos, escuridão
Quero iluminar a alma, deitar ao léu.
Num momento só com a solidão.
(Rosi Alves)

2 comentários:

Ingrid disse...

a saudade nos faz ir tão longe..
mas é impossível não sentir em algum momento..
beijos perfumados linda..

LUCINEIA MAGRI disse...

A saudade é companheira....mas nos poetas ela tem uma intensidade maior....nos poetas tudo é mais intenso, principalmente no quesito sentimento....e porque será este eterno sentimento de saudade e solidão....mesmo quando estamos no meio de uma multidão.....é porque temos saudade do infinito.....beijos.

Tecnologia do Blogger.