PALAVRAS

28/12/2011



São tantas palavras
Que eu não desejo ouvir
Cego nesta dor
Recuso-me
A ver o óbvio

Que o amor
Perdeu-se
Antes de
Nascer

Que o vento
Não balançou
As ondas do mar

Que o sol
Não aqueceu
Apenas brilhou

A noite não veio
Somente as estrelas
Reluziu a trilha
Da estrada
Onde devo caminhar.
(Rosi Alves)

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.