Sem lamúria...

26/11/2011


Há dias que as nuvens
Cantam a alegria da chuva que
cai de mansinho serena
trazendo correntezas
de saudades e solidão.

Viver é lutar recomeçando
São as realizações dos sonhos
A sapiência do novo.

Eu determinei as ultimas lágrimas
O sofrer do coração...

Primavera ávida a florir o amor
Sem lamúria e sem culpa,
As lágrimas que ontem chorei
Hoje irrigam meu lindo jardim.

(Rosi Alves)

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.