08/08/2011

sou diferente...


Nasci do indesejado, sobrevivi ao impossível.

Não acredito em nada, apenas o que posso questionar,

não sou puta e nem santa, sou diferente,

Minha capacidade de ser eu mesma, incomodam

aqueles que não tem uma direção no caminho daí apenas existem.

Tenho paixões loucas e amores impossíveis...

Sou vento com rumo certo pois sem bem onde desejo chegar.

Vivo com o amor em mim, às minhas incontrariáveis verdade e com tudo muitossonhos.


(Rosi Alves)

Nenhum comentário:

Não força!

Tudo que é forçado é chato, é inconveniente. Ou ele (a) te ama ou não, a vida é assim apesar de a gente querer se apegar ao meio termo, no...