10/06/2011

Breu...





Mesmo sendo forte,viver sem é solidão constante

O mesmo que a morte uma viagem carpindo

Eternas são horas que desolam ás estrelas que não brilham mais.

Me esquecera na imensidão do caminho, elevei minhas esperanças.

E dentro desse imenso vazio fiz  refulgir meus  Precipícios (eu e você).

Desilusão

Entrega

Espera

Breu...

Solidão 

Saudades.

(Rosi Alves)

2 comentários:

Jeferson Cardoso disse...

Rosi! Quem ficou emocionado fui eu ao ler o comentário que você deixou!
Realmente nunca é tarde para recomeçar...
Abraço e bom final de semana!
Jeferson Cardoso

♥♥♥Ani♥♥♥ - Cristal disse...

Que você tenha um lindo final de semana e que o amor esteja sempre presente em sua vida...

Doces Beijos
Ani