06/06/2011

Os sonhos...

Os sonhos acalentam os altos montes.
Clarins anjos, arcanjos e querubins,
Quimera entoar a melodia visceral.
 Perpetuando a distância do amor.

O sonho eleva ás mares distantes
Navegação profunda equilíbrio
Não sabes mais a diferença.
De sonhar e realidade

Realidade será sonho distante.
São margens elevadas
De tamanha ilusão,
será sonho,
sempre será paixão.
(Rosi Alves)

Nenhum comentário: