30/05/2011

Vivo a sua espera..



Vivo sua espera
Espera interminável de amar você
Sentir seu corpo, sua pele
Seu jeito de amar

Você me agrega
Aquece-me do frio da solidão
Transforma meu pranto em riso

Vem não suporto a sua ausência
Espero-te para o nosso eternizar
Corpo alma e coração
”(Rosi Alves)

Nenhum comentário:

Não força!

Tudo que é forçado é chato, é inconveniente. Ou ele (a) te ama ou não, a vida é assim apesar de a gente querer se apegar ao meio termo, no...